Dr. Osvandré Lech Ortopedista Especializado
Em Membro Superior
Entre em Contato
Dr. Osvandré Lech
Entre em contato
Consultas em Passo Fundo
Consultas em Passo Fundo
Consultas em Porto Alegre
Consultas em Porto Alegre


MENU
VIDA ESPORTIVA É CURTA...!

SE O DINAMISMO PROFISSIONAL DE OSVANDRÉ LECH É CONHECIDO POR TODOS, A SUA VIDA ESPORTIVA NÃO FOI DIFERENTE. EM 1962, QUANDO TINHA 6 ANOS, João Maluli inaugurou o Parque Aquático do Gaúcho, a meia quadra da casa do "seu" João e da "dona" Almery Canfield Lech, no bairro Boqueirão; era tudo o que Osvandré precisava para aprender a nadar e colecionar medalhas de campeonatos locais e regionais. Durante o ginásio e o científico no CENAv, o diretor Jesus Almeida era muito exigente com relação às bolas de voleibol - eram poucas e tinham que retornar à direção logo depois do treino; além disso, a quadra era de cascalho e descoberta, o que o impedia de dar "peixinhos" para buscar bolas difíceis, ou treinar logo depois da chuva. Nada disso, no entanto, foi empecilho para que Osvandré se tornasse um dos líderes do voleibol do CENAv, integrasse por muitos anos a seleção da cidade e fosse convocado para a seleção gaúcha, uma verdadeira odisseia para um interiorano naquele longuínquo 1972. Osvandré lembra com emoção o companheirismo formado entre os colegas e o apoio recebido dos mais veteranos, especialmente o Spode, o Protásio, o Marco Mendonça, o Roberto Justi, e o Antônio Carlos de Lima, o "Ninho". Durante a fase universitária, Osvandré foi o "médico" do Sport Club Gaúcho em 1977 e 1978, num dos melhores momentos do time "Mais Querido da Cidade". napoleão na injeção, Vêncio e Daltro Pinto na massagem, e Osvandré, formavam um departa- mento médico capaz de manter todo o time "em bala", literalmente! Também na fase universitária, passou a se interessar por corrida de rua, sendo um dos primeiros atletas a subir e descer a Avenida Brasil com este "novo" hábito da cidade. Fez grandes amigos neste esporte e ganhou duas medalhas muito especiais - 1º lugar na OPLIB de 1985 e 6º numa mini-maratona em Nova Iorque, EUA, em 1986.

Aos 46 anos e 3 cirurgias nos joelhos, Osvandré é hoje apenas um aficcionado de muitos esportes. Dedica-se a passar aos filhos Graciela e Leonardo a mesma garra que tinha nos "anos dourados". Não perdeu a veia de campeão. (Matéria publicada no jornal O Nacional, nov. 2003)




Veja Também:






























Passo Fundo
Rua Uruguai, 2050
Fone: (54) 3045.2000
Porto Alegre
Rua Leopoldo Bier, 825/401
Fone: (51) 3219.2273
Ortopedista e Traumatologista
Especializado em Membro Superior
Ombro, cotovelo, mão e microcirurgia
© Copyright 2017 www.lech.med.br
Todos os Direitos Reservados
VIPWEB Soluções em Tecnologia